Sintrajufpe

Notícia

Publicado em: 13/04/2018

Jornada de lutas marcará 30 dias da execução de Marielle e Anderson

Na semana que marca um mês sem Marielle Franco e Anderson Gomes, assassinados barbaramente na cidade do Rio de Janeiro, estão sendo convocados atos e atividades em todo o país para lembrar a memória da vereadora e exigir justiça. O assassinato ocorreu no dia 14 de março e até agora não há resposta para pergunta que tem rodado o mundo: quem mandou matar Marielle?

As manifestações acontecem na sexta e sábado, 13 e 14. Serão atos nos locais de trabalho, estudo e moradia, com o objetivo de exigir apuração e punição de todos os responsáveis por esses crimes bárbaros. Os protestos também reivindicam o fim da intervenção militar no Rio de Janeiro – que a vereadora morta tinha como pauta de seu mandato.

Na sexta-feira, 13, o movimento Luta Popular realiza a marcha “Nem despejados, Nem assassinados!”. O ato será às 16h, na praça do samba, no bairro de Perus.

No sábado, 14, pela manhã acontecerá o ato “Amanhecer por Marielle”, a partir das 5h30 na praça Roosevelt, região Central. A iniciativa está sendo chamada pela página em memória da vereadora em todo o país. “Precisamos mostrar, mais do que nunca, que estamos transformando nossa dor em força para seguirmos lutando e que nem o tempo nem o medo vão nos calar”, afirma os organizadores do ato na descrição do evento nas redes sociais. A orientação da comissão organizadora é que as pessoas compareçam vestindo camiseta preta.

Além disso, também no sábado, às 16h, no vão livre do MASP, acontece o ato “1 mês do luto à luta – Por Justiça a Marielle”. Organizado pela Campanha Contra o Genocídio Negro, a atividade integra a iniciativa #30DiasPorMarielle, que vem realizando diversas atividades.



Fonte: Sintrajuf PE

 




Linha Rodapé

Rua do Pombal, 52, Santo Amaro, Recife-PE, CEP 50100-170 | Telefone: (81) 3421.2608 | (81) 3222.4747 | sind@sintrajufpe.org.br

Desenvolvido pela: ALG Consultoria