8M 11 de Março de 2019 - Por SINTRAJUF/PE

Mulheres marcham no Recife contra o machismo e a reforma da previdência

No Recife, o Dia Internacional de Luta das Mulheres foi marcado por uma grande manifestação que reuniu mulheres diversas reivindicando direitos nas ruas do centro da cidade. De acordo com a organização, a caminhada contou com cerca de 20 mil pessoas. Na capital pernambucana o tema da mobilização foi “Marielles: livres do machismo, do racismo e pela Previdência pública”. A direção do Sintrajuf/PE fez parte da atividade juntamente com várias servidoras e servidores do Poder Judiciário Federal em Pernambuco. 


                                                                                                    Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press

Na Praça do Derby, durante a concentração, houve rodas de diálogos sobre violência contra a mulher, feminicídio, racismo, machismo, preconceitos, além de igualdade de direitos e reforma da Previdência.  Diretores do Sindicato encontraram com a única deputada federal por Pernambuco, Marília Arraes, e aproveitaram a oportunidade para falar sobre a nova direção do sindicato, das mobilizações contra a reforma da previdência e da busca pelos parlamentares da bancada de Pernambuco que a instituição fará solicitar apoio na defesa da previdência pública. A deputada se colocou inteiramente à disposição do sindicato. 



Entre tantas causas pelas quais as mulheres foram às ruas aqui e em outras cidades do Brasil, o que marcou este 8 de março foi a bandeira da defesa da Previdência pública. Isso porque a reforma da Previdência proposta pelo governo de Jair Bolsonaro é uma ameaça real as trabalhadoras brasileiras, pois dificulta a aposentadoria das mulheres ao subir a idade mínima dos 55  para os 62 anos, com tempo de contribuição igualado ao dos homens em 20 anos.